DUARTE SANTOS PEREIRA

SÓCIO-FUNDADOR E DIRECTOR DE PRODUTO DA OCTO. ESPECIALISTA EM CONSTRUÇÃO & AMBIENTE E NA INTERACÇÃO DA ARQUITECTURA COM OS VÁRIOS RAMOS DA ENGENHARIA.


Nasceu em Lisboa no ano de 1980 e tem dois irmãos mais velhos. Ainda durante os estudos tornou-se Consultor Técnico da farmacêutica Alliance Unichem. Em 2006 licenciou-se em Engenharia Mecânica (Ramo de Termodinâmica) na FCT. No mesmo ano começou a dirigir o Departamento de Engenharia da Farmacêutica MEDINFAR. Em 2008 integrou a equipa do S.U.C.H. (Serviço de Utilização Comum dos Hospitais) primeiro, enquanto Responsável do Sector de Electromecânica, e depois como Coordenador-Geral do Serviço de Instalações e Equipamentos, e Gestor Local de Energia dos Hospitais Centrais de Lisboa. Em 2012, finaliza o Master of Science (MSc) – Executive Master’s Degree on Sustainable Energy Systems no MIT. De 2012 a 2014 integrou a SG Services Angola, onde trabalhou como Facility Manager no ramo da Saúde em infra-estruturas da Sonangol, para a qual desenvolveu estratégias de negócio e de investimento e coordenou actividades técnicas e de gestão de contratos. Em 2014 fundou a OCTO com Rui Amorim, com o objectivo de minimizar o impacto ambiental e de recursos no ciclo de vida de uma construção.

Duarte possui mais de 10 cursos complementares na área técnica, de línguas e de gestão de equipas, salientando-se o QAI, o RCCTE e o RSECE.

Nas horas vagas, além das inovações tecnológicas e ambientais, dedica-se à música, produção musical, todo-o-terreno e desportos de neve. Mora na Parede, com vista para o mar, mas sempre que pode regressa às paisagens e vilas alentejanas.

O seu mote de vida foi pedido emprestado a Leonardo da Vinci: “Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.”

RUI AMORIM

SÓCIO- FUNDADOR E DIRECTOR DE RELAÇÕES COMERCIAIS ESTRATÉGICAS DA OCTO.


Nasceu em 1970 e cresceu em Leça do Balio, onde apreciava sobremaneira a fruta das árvores da vizinhança.

Com 15 anos de idade começou a trabalhar na manutenção de edifícios. Em 1988 tirou o curso de Medidor Orçamentista e em 1991 tornou-se projectista em sistema CAD. Trabalhou na Sotequel como chefe de produção e nas Construções Escolares do Estado em fiscalização. Em 1994 terminou o curso de projectista e em 1999 graduou-se no curso de manutenção de edifícios Americanos na ITT Technical Institute. Em 2000 começou a trabalhar no desenvolvimento de materiais de construção ecológicos (cortiça, tintas e argamassas). Entre 2008 e 2014 abriu a Ecopaint Angola, a Ecopaint Moçambique, a Ecopaint São Tomé e a GreenPaint, em Portugal. Em 2014 fundou a OCTO com Duarte Santos Pereira.

Tirou mais de 15 cursos académicos e de formação, em Portugal, Espanha, Itália e França, que incluem conhecimentos adquiridos ao nível da impermeabilização, isolamentos, técnicas de pintura e pavimentos. Ao longo dos anos recebeu vários prémios internacionais de inovação.

Nas horas vagas, Rui entretém-se com os últimos gritos em tecnologia, com gritos de “golo!” relacionados com o Futebol Clube do Porto e com os gritos de rebeldia dos seus dois filhos.

Entrou no mundo da construção por acaso e por causa de dois tios, e hoje não se vê a fazer outra coisa, desde que possa envolver novas tecnologias e novas ideias. Uma das frases que o inspira pertence a Walt Disney: “Gosto do impossível porque a concorrência é menor.”